segunda-feira, 7 de março de 2011

Opinião das pessoas

Com toda certeza é válido saber o que as pessoas pensam... principalmente o que elas pensam a nosso respeito. Embora nunca, mas nunca mesmo, devemos deixar de expressar o que pensamos e o que sentimos por causa de pré-julgamentos.
Outro dia mesmo, depois da publicação de um poema meu num jornal local, vários colegas vieram até mim comentar, sendo que eu ainda nem tinha visto o poema publicado. Certamente existem as pessoas que se preocupam em vir contar para estimularem a continuação, apoio essencial para quem se arrisca pelos caminhos da literatura, seja em contos, textos, livros ou mesmo... poemas.
Quando estamos inspirados e vem à tona sentimentos capazes de dar vida a um poema, não devemos deixar que o medo de opiniões contrárias nos faça perder a vontade de escrever. Deixar o coração falar é a forma mais certa de tocar outros corações, mesmo que o resultado sejam críticas muitas vezes severas ou injustas.
Somente quem tem o dom e arrisca pode saber de fato o que provoca nas pessoas ao deixar sair de dentro do coração sentimentos que muitos tem, mas poucos tem coragem de demonstrar. E geralmente, quase sempre, aqueles que mais criticam, são aqueles que utilizam do objeto criticado para se tornarem mais conhecidos diante de uma pessoa, por exemplo. 
O medo existe sim, mas deve acima de tudo ser incentivo para continuar, para dar vida e emoção à obra que se propõe criar. Assim tenho feito, assim continuarei fazendo... as críticas? Me engrandecem e me aperfeiçoam...


André Carim

Um comentário:

  1. Só arrisca quem tem coragem, e só expõe quem tem o que mostrar. bjs.

    ResponderExcluir